Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A economia das nossas avós

... e outras ideias para poupar e ganhar!

... e outras ideias para poupar e ganhar!

Feira Ambiental de Natal

Dezembro é o mês das correrias para quem gosta de celebrar o Natal. São os almoços e jantares com amigos e família, os presentes que é preciso comprar ou fazer (por que não?), a decoração da casa, etc., etc. Com tudo isto, gastamos tempo e dinheiro. Por isso, se pudermos poupar e ser amigos do ambiente, melhor.

 

Esse é o espírito da Feira Ambiental de Natal organizado pelo Second Hand Second Love, que vai ter lugar entre os dias 12 e 15 deste mês no antigo quartel militar de Linda-a-Velha, em Oeiras e cuja entrada é gratuita.

 

Além de poder adquirir peças de roupa e acessórios a preços em conta, poderá também assistir a diversos workshops e momentos musicais e de teatro e contribuir para causas de solidariedade social.

 

Boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Pagar por um embrulho?

Nem pensar! Há estabelecimentos comerciais que já cobram por um simples embrulho. Mesmo que esse embrulhar consista apenas em colocar o objecto dentro de uma bolsa em papel, fechá-lo e colocar-lhe uma fita. A C&A, por exemplo, cobra 40 cêntimos por um embrulho pequeno e 50 cêntimos por um grande. Pode parecer uma quantia pequena e a verdade é que não compramos presentes todos os dias, mas não deixa de ser uma despesa perfeitamente dispensável. Além disso, para mim, mais importante do que o presente ou o embrulho, é a intenção que conta.

 

 

Há inúmeras formas de fazer belos embrulhos com pouco dinheiro. Em algumas culturas, fazer um embrulho é uma verdadeira arte. Os japoneses, por exemplo, utilizam muito a técnica do Furoshiki (embrulhar objectos utilizando tecido), da qual já falei no meu outro blogue - A Quatro Mãos. Se o objecto for pequeno e tiver jeito para a costura, pode fazer pequenas bolsas com motivos em ponto-cruz bordados por si.

 

 

 

Pode também utilizar caixas de cartão - dos sapatos, das camisas, de cholocate ou bolachas, etc. - ou de plástico forradas com tecido ou papel de jornal/revista, com imagens a seu gosto.

 

 

Há também sacos em papel (os do pão, por exemplo) que podem servir de embrulhos e nos permitem dar asas à imaginação. Comece a prestar mais atenção às coisas à sua volta, às embalagens que não usa e vai ver que, aos poucos, vai descobrir novas formas de fazer embrulhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D