Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A economia das nossas avós

... e outras ideias para poupar e ganhar!

... e outras ideias para poupar e ganhar!

Destralhe o seu roupeiro

belly-2473_640.jpg

Quem é que nunca acumulou roupa e calçado que deixou de usar há muito tempo? Todos/as nós, claro. Ou porque a peça de roupa está mais apertada e temos esperança de recuperar o peso antigo, ou porque está mais larga e temos medo de voltar a engordar, ou porque o sapato não é tão cómodo como parecia... são inúmeras as razões pelas quais muitas vezes acumulamos vestuário e calçado no guarda-fatos que raramente utilizamos.

 

Acumular roupa e calçado sem uso não só nos ocupa espaço no armário como perdemos a noção das peças que efectivamente vestimos levando-nos, por vezes, a comprar ainda mais roupa e calçado. Por isso, é importante que com alguma regularidade destralhe o seu roupeiro. Faça-o pelo menos nas mudanças de estação.

 

Comece por tirar toda a roupa do guarda-fatos e colocá-la em cima da cama. As peças que não usa há dois anos, coloque-as de parte. Se estiverem em boas condições de utilização, ofereça-as a um/a familiar, amigo/a ou venda-as em sites de artigos em segunda mão. Assim, poderá recuperar algum do dinheiro dispendido.

 

Tudo o que está velho, estragado e sem recuperação possível, deite fora. Muitas vezes, tendemos a acumular estas peças para aquelas alturas em que vamos realizar limpezas mais profundas ou pinturas, mas será que precisamos mesmo assim de tantas?

 

Roupa interior gasta ou com nódoas, meias já demasiado cosidas ou desemparelhadas, collants rasgados devem socks-1322489_640.jpgtambém ir para o caixote do lixo. Só ocupam espaço e não têm qualquer utilidade. Faça o mesmo com os cintos, as malas, a bijuteria, lenços e écharpes.

 

Depois de seleccionadas todas as peças de vestuário (calçado, malas, etc.) que ainda vai usar, ficará com uma melhor noção da roupa que tem para usar e perderá menos tento a encontrar o que quer. Tente manter o seu roupeiro sempre organizado e eviter acumular peças que precisem de botões pregados, fechos mudados ou bainhas por fazer.

 

A partir daqui, sempre que comprar uma peça nova, tente retirar uma velha. Muitas vezes, temos no guarda-fatos mais roupa do que aquela de que verdadeiramente necessitamos.

 

Courtney Carver chegou a essa conclusão depois de lhe ter sido diagnosticada esclerose múltipla. Em 2010, lançou o Project 333, com o qual desfiou os/as seus/suas leitores/as a viverem com 33 peças de roupa e calçado (ou menos) durante pelo menos três meses. Será que você consegue?

 

Boas arrumações e... boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D