Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A economia das nossas avós

... e outras ideias para poupar e ganhar!

... e outras ideias para poupar e ganhar!

Desligue!

Não me refiro concretamente a si, embora por vezes tenhamos necessidade de nos desligar do mundo para recuperar energias, mas sim dos inúmero aparelhos eléctricos que existem no nosso dia-a-dia. Uma das grandes diferenças entre o tempo actual e o das nossas avós prende-se, precisamente, com a proliferção desse tipo de produtos. Hoje em dia, há artigos eléctricos para tudo e mais alguma coisa, alguns dos quais me parecem totalmente descabidos.

 

 

A verdade é que esses aparelhos obrigam-nos a consumir cada vez mais energia, seja de bateria ou de corrente eléctrica. E alguns são autênticos sorvedouros. E se consumimos mais energia, gastamos mais dinheiro. Comecei a preocupar-me com esta questão quando tentava perceber por que razão a minha factura da electricidade era tão alta (uma das razões expliquei-a aqui) e arrancaram as campanhas de alerta para os chamados "consumos fantasma".

 

 

Desde então, mudei alguns hábitos:

 

-os novos televisores, mesmo quando apagados no botão, mantém sempre uma luz acesa. Mesmo que a marca garante que o consumo de energia é mínimo, passei a desligar o aparelho da tomada quando não está a ser utilizado. O standby é responsável por 5% do consumo de energia em nossas casas. Se a sua tomada está num lugar de difícil acesso, opte por uma extensão com botão de corte de energia. Também desligo o microonda da tomada e quando me ausento por longos períodos, faço o mesmo com os rádios;

 

 

- só recarrego as baterias do telemóvel e do computador portátil quando estas estão mesmo, mesmo, mesmo a precisar. E faço-o sempre com os dois aparelhos desligados. Assim que as baterias estão novamente recarregadas, retiro a tomada da ficha;

 

 

- não deixo as pilhas na máquina fotográfica nem nas lanternas. Além de não esvaziarem tão rapidamente, não corro o risco de as pilhas se deteriorarem e estragarem os aparelhos:

 

 

- sempre que compro um novo aparelho tenho em atenção à sua eficiência energética;

 

 

- antes de comprar um novo aparelho eléctrico, pense bem. Será que precisa mesmo de o comprar?

 

 

Boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D