Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Poupe no supermercado

Domingo, 14.08.16

As despesas do supermercado são das que mais absorvem o nosso orçamento familiar pelo que há que ter algumas precauções para não gastarmos mais dinheiro do que o necessário. Já aqui lhe falei de como fugir às taxas dos sacos de plástico, de alguns cuidados a ter quando fazemos as compras semanais ou mensais, de como às vezes compensa comprar maiores quantidades de um produto, dos talões e de outros pequenos truques. Hoje, apresento-vos mais algumas dicas:

 

fruits-82524_640.jpg

 

- Compre produtos da época: são sempre mais baratos e de melhor qualidade. Tente também comprar produtos de origem nacional. A diferença de preços nem sempre é muito grande;

 

- Compre produtos a granel: tem duas vantagens - são mais baratos e controla melhor a qualidade. Já me aconteceu comprar maçãs embaladas e quando abri o saco, já em casa, deparar-me com fruta estragada;

 

- Opte por marcas brancas: na esmagadora maioria dos casos, a relação preço/qualidade compensa;

 

- Acumule promoções com talões: já me aconteceu comprar um determinado produto a menos de metade do preço original. Como? Juntei um vale de desconto com a promoção do supermercado. Esteja atento aos folhetos semanais e compare preços. Muitas marcas oferecem vales nos seus sites ou páginas do Facebook e há cadeias de supermercados que editam revistas mensais com vales de desconto incluídos. Esteja atento/a;

 

- Evite comida pré-confeccionada: é mais cara e tem menos valor nutricional. Para isso, planeie com tempo as refeições da semana. Opte por estes pratos apenas em casos excepcionais;

 

- Cuidado com as etiquetas dos preços: por vezes, a etiqueta não corresponde ao produto junto ao qual estão (já me aconteceu comprar um elixir oral ao dobro do preço por não ter tido atenção a este pormenor). Noutras situações, o preço não corresponde ao valor da promoção que é apresentado no folheto. Nestes casos, chame um funcionário e peça que o/a esclareça. Se mesmo assim tiver dúvidas, dirija-se a um dos caixas e confirme o preço final.

 

Leia aqui o Guia Prático do Consumidor elaborado pela Direcção-Geral do Consumidor.

 

Boas compras e... boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esteja atento/a às promoções

Sábado, 13.04.13

Ontem, li uma notícia no Diário de Notícias que me deixou um pouco de pé atrás com as promoções feitas nos

yoghurt-156133_640.png

 

supermercados. Intitulada «Compraram iogurtes em promoção que afinal eram "grátis"», a notícia conta que duas pessoas compraram iogurtes Danone no Continente do Colombo 30 cêntimos mais baratos porque estavam próximos do final do prazo de validade.

 

 

O problema foi quando retiraram, por mera curiosidade, o autocolante com o preço e verificaram que na embalagem existia uma outro autocolante com a indicação «Grátis Oferta». Reclamaram junto do hipermercado, que lhes pediu desculpa e explicou que se tratou de «um erro no processo de etiquetagem».

 

 

A verdade é que as duas pessoas pagaram por um produto que deveria ser gratuito e uma delas apresentou queixa na Direcção-Geral do Consumidor.

 

 

Este caso lembra-nos a importância de estarmos sempre atentos/as quando fazemos compras e da importância de reclamar sempre que os nossos direitos sejam violados.

 

 

Boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não olhe só para o preço

Domingo, 21.10.12
Foto: Bob Jagendorf/Everystockphoto
 
 

Bem sei que devido à actual crise económica e à incerteza quanto ao futuro, a nossa maior preocupação é não gastar dinheiro. Mas, por vezes, vale mais gastar um pouco hoje para poupar amanhã.

 

 

Quando for ao supermercado, não olhe só para o preço do produto, mas também para a quantidade. Só há pouco tempo me habituei a ter esta preocupação, mas tem-me ajudado a poupar algum dinheiro. O primeiro impulso é sempre o de comprar o produto mais barato, mas nem sempre este é, de facto, o mais barato. Faça bem as contas e veja se não compensar dar um pouco mais de dinheiro, mas levar para casa maior quantidade de produto.

 

 

Tenha também em conta a qualidade. Lembre-se do ditado popular: o barato por vezes sai caro! Já tive algumas experiências que comprovaram isto mesmo. Quando comprar uma peça de roupa, por exemplo, tenha atenção à qualidade do material. De que lhe serve comprar uma camisola barata se depois de a lavar na máquina esta encolheu ou ficou sem forma?

 

 

É também importante ter em conta a comodidade. Estou a pensar, por exemplo, no caso dos sapatos. Para quê comprar calçado barato se chega ao fim do dia com os pés e as pernas cansados, se estes lhe provocam calos ou bolhas?

 

 

Reflicta um pouco sobre tudo isto, boas compras e boas poupanças!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • micaela alves

    só falta mesmo lançar para a plataforma windowspho...

  • FM

    Provavelmente, haverá mais. Estes são aqueles de q...

  • wideawake

    Desconhecia alguns desses descontos! Obrigada

  • Clínica Dentária Lisboa

    Cá em casa tenho quem em poucos dias me deixe uma ...

  • joao

    http://www.comparaja.pt/blog/credito-pessoal-conhe...