Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

 


Vendas de garagem - I

Segunda-feira, 11.03.13

O conceito de venda de garagem nasceu nos Estados Unidos da América e rapidamente se estendeu a outros países. Em Portugal, tem ganho vários seguidores desde o início desta crise económica.

 

 

Basicamente, uma venda de garagem consiste em colocar à venda objecto que tenhamos em casa e os quais já não usamos a preços simbólicos. A venda é normalmente feita numa garagem ou no quintal e muitas vezes é promovida por um grupo de pessoas que se conhece. Trata-se de um conceito que tem duas mais-valias imediatas: ganhamos algum dinheiro e livramo-nos de alguma "tralha" que acumulamos em casa.

 

 

Nunca visitei uma venda de garagem, nem nunca organizei uma (não tenho espaço para isso). Se alguém, por acaso, realizar alguma na zona de Lisboa, avise-me. Gostava de experimentar.

 

 

Mas com base no muito que tenho visto em reportagens televisivas e lido em jornais e revistas, deixo aqui alguns conselhos para quem quiser inaugurar-se:

 

- a primeira preocupação que deve ter é a de informar-se junto da Câmara Municipal (ou Junta de Freguesia) se é necessária alguma licença para realizar a venda de garagem. Confesso que não encontrei qualquer informação sobre esse assunto, mas mais vale prevenir do que remediar;

 

 

- em seguida, procure em toda a casa objectos que já não utiliza, mas que estejam em condições de poderem ser usadas por outras pessoas. Desde roupa, a bijuteria, livros, DVD, objectos de decoração, instrumentos musicais, etc., etc., etc.. Coloque-os em caixas (sacos) por categoria;

 

 

- se tiver muitas peças de roupa para vender, certifique-se que não estão descosidas ou têm nódoas. As peças devem estar lavadas e passadas a ferro (compraria uma peça de roupa enrugada?!). Vai precisar de cabides para expor casacos, vestidos, camisas, etc., e de uma mesa para as camisolas, cintos, bonés, luvas, etc.. É também útil ter um espelho onde o potencial comprador se possa ver com a peça e um local reservado para experimentar a roupa. Não venda roupa íntima;

 

 

- no caso de artigos de electrónica ou ferramentas, verifique se funcionam na perfeição e se estão também limpas. Se tiver as caixas originais ou os livros de instrução, disponibilize-os também;

 

 

- feito o inventário de tudo o que quer vender, é hora de lhes atribuir um preço. Tenha em conta que são artigos em segunda mão e que já não têm prazo de validade. E que vivemos uma crise económica. Coloque uma etiqueta em cada artigo com o respectivo preço;

 

 

- limpe bem o local onde vai realizar a venda de garagem e planei as zonas em que vai colocar cada uma das categorias de artigos. Aposte também na decoração do espaço, mesmo que sejam minimalista;

 

 

- prepare uma espécie de caixa registadora. Uma vez que só aceitará venda a dinheiro, convém ter troco disponível;

 

 

- escolha o dia em que quer realizar a venda. Esqueça períodos de saldo ou de férias. A melhor altura é no final do mês, quando os potenciais compradores recebem o salário;

 

 

- publicite a sua venda de garagem. Divulgue o evento nas redes sociais, por e-mail, no comércio local. Faça-o de uma forma simples, mas apelativa, com um mínimo de oito dias de antecedência. Não se esqueça de colocar a morada (pode pôr um pequeno mapa explicativo), o(s) dia(s) e o horário. Pode também criar uma página no Facebook, por exemplo, onde previamente irá colocando imagens dos produtos que vai vender e os respectivos preços. O limite está na sua imaginação!

 

 

Espero que estas dicas sejam úteis e... bons ganhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)

9 comentários

De Ana Correia a 17.04.2013 às 02:27

Boa tarde! Eu tenho 2 amigas interessadas em livrar-nos de tralhas e coisas que temos em casa! Ainda por cima, vamos mudar de casa e torna-se complicado ter que levar coisas que já não utilizamos connosco.
Onde é que nos podiamos informar sobre isso e que associação ou organização falar?

De FM a 17.04.2013 às 18:37

Boa tarde, Ana,

O melhor é informarem-se na Junta de Freguesia se é necessária alguma licença especial para realizar a venda de garagem.

Tente também contactar pessoas que já tenham realizado vendas de garangem para esclerecer dúvidas.

Boas vendas!

De Rita a 21.10.2014 às 08:13

Ainda estaria interessada em fazer uma venda de Garagem na Zona de Lisboa?

De FM a 23.10.2014 às 10:25

Sim, estaria, mas não tenho local onde a fazer!

De Rita a 28.10.2014 às 11:02

Envie-me o seu email para lhe poder responder directamente, sf :)

De FM a 28.10.2014 às 11:54

Bom dia Rita,

Pode contactar-me pelo e-mail fatima.mariano@sapo.pt

Obrigada! :-)

De carlos a 16.01.2015 às 13:46

Compro todo o tipo de velharias que já não queira e se quer desfazer delas.
Desloco-me ao local
Contacto:968741032
Carlos Ribeiro

De Raquel Ferreira a 27.08.2015 às 16:31

Boa tarde,

Eu e o meu namorado vamos emigrar e temos coisas em casa que gostaríamos de vender. O conceito de venda de garagem é interessante. Como podemos fazer isso?
Obrigada.
Raquel Ferreira

De Susana Rodrigues a 31.08.2015 às 18:20

Deixo aqui um link com o evento de Venda de Garagem que se irá realizar no dia 5 e 6 de Setembro :)

https://www.facebook.com/events/1649742618616434/

Comentar post



Comentários recentes

  • micaela alves

    só falta mesmo lançar para a plataforma windowspho...

  • FM

    Provavelmente, haverá mais. Estes são aqueles de q...

  • wideawake

    Desconhecia alguns desses descontos! Obrigada

  • Clínica Dentária Lisboa

    Cá em casa tenho quem em poucos dias me deixe uma ...

  • joao

    http://www.comparaja.pt/blog/credito-pessoal-conhe...