Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Isenções e descontos para desempregados/as

Segunda-feira, 15.08.16

Ninguém está preparado para o desemprego. Por mais pessoas que conheçamos nessa situação, por mais notícias que leiamos sobre o assunto, quando nos toca a nós, como aconteceu comigo em 2014, sentimos que nos tiraram o chão debaixo dos pés. Hoje, passados dois anos, reconheço que quando isso acontece, o importante é respirar fundo, não entrar em pânico e manter a cabeça fria. Tenta, com todas as suas forças, que a parte racional se sobreponha à emocional e meta mãos à obra.

 

 

Nestes quase dois anos de desemprego, com intervalos de curtos períodos de trabalho, fui tendo conhecimento de vários tipos de isenções e de descontos dirigidos aos/às desempregados/as. Tenha, no entanto, em conta que alguns dependem do valor do seu subsídio e do rendimento do seu agregado familiar. É também importante que tenha sempre à mão o comprovativo da sua situação de desemprego, que pode descarregar no site do Net Emprego.

 

 

doctor-563428_640.jpg

 

Se o seu subsídio de desemprego for inferior a 628,83 euros por mês, está isento do pagamento das taxas moderadoras, como poderá comprovar no site da Entidade Reguladora da Saúde.

 

 

 

Caso receba o subsídio social de desemprego, poderá beneficiar da Tarifa Social de Electricidade e da Tarifa Social de Gás Natural. Saiba mais no portal da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. No caso da água e das taxas de saneamento e de resíduos sólidos, várias câmaras municipais e empresas concessionárias têm tarifas sociais para agregados familiares com baixos rendimentos.

 

 

Tenha também em conta que em 2011 foi criado o Passe Social +, destinado a famílias com rendbus-22114_640.jpgimentos reduzidos. Consulte o site da/s transportadora/s que habitualmente utiliza para saber se tem direito ou dirija-se pessoalmente à empresa. 

 

 

Aproveite este tempo de paragem forçada para assistir a espectáculos culturais ou visitar museus e monumentos. Além dos sites que pode consultar para saber onde há actividades recreativas e de lazer gratuitas para todos (como aqueles de que vos falei aqui), saiba que os/as desempregados/as estão isentos/as do pagamento de bilhete nos museus e nos monumentos sob a alçada da Direcção-Geral do Património Cultural. Mais informações aqui.

 

 

Há salas de espectáculos que oferecem descontos aos/às desempregados/as, como a Companhia Naciona de Bailado, a Culturgest (só nos espectáculos), a Cinemateca, os teatros nacionais D. Maria IISão Carlos (ambos em Lisboa) e de S. João (no Porto), o teatro municipal S. Luiz (Lisboa), o Teatro Municipal do Porto, o Teatro Municipal da Guarda, o Teatro Maria Matos (Lisboa), entre outros.

 

Boa sorte e... boas poupanças

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • micaela alves

    só falta mesmo lançar para a plataforma windowspho...

  • FM

    Provavelmente, haverá mais. Estes são aqueles de q...

  • wideawake

    Desconhecia alguns desses descontos! Obrigada

  • Clínica Dentária Lisboa

    Cá em casa tenho quem em poucos dias me deixe uma ...

  • joao

    http://www.comparaja.pt/blog/credito-pessoal-conhe...









subscrever feeds