Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Outubro 2012

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Sabe o que é a Ergonomia?

Segunda-feira, 29.10.12
 
Já ouviu falar em Ergonomia? Provavelmente, sim, mas não sabe muito bem o que é. Talvez já lhe tenham tentado vender um artigo ergonómico, sob o argumento de que faz melhor à saúde. Mas será mesmo assim? A ergonomista Patrícia Meireles explica-lhe se sim... ou não. 
 
 

Quantas vezes já ouviram falar em produtos ergonómicos? Cadeiras, teclados, facas e até soutiens… Mas sabe o que é a Ergonomia? Sabe se está a comprar um produto ergonómico ou apenas "gato por lebre”? Será que vale a pena pagar mais só por publicitarem um determinado artigo como sendo “ergonómico”?

 

 

Comecemos pelo início. O que é isso da Ergonomia? Ergonomia é a “Disciplina científica que tem por objectivo as interacções entre os homens e os outros elementos de um sistema e a profissão que aplica a teoria, os princípios, os dados e os métodos na concepção, de modo a optimizar o bem-estar humano e o desempenho geral do sistema”. (IEA – Associação Internacional de Ergonomia)

 

 

A Ergonomia pode ser aplicada em tudo o que nos rodeia no dia-a-dia. A maioria das pessoas associa a Ergonomia à segurança no trabalho e à saúde ocupacional. Porém, a Ergonomia é aplicada a vários outros contextos. Para um ergonomista, trabalho é toda a actividade que envolva um custo físico (actividade muscular, por exemplo) e/ou mental (processos cognitivos). Quando adquire um produto deve sempre pensar a utilização que lhe irá dar.

 

 

Imaginemos que passa muitas horas sentado em frente a uma secretária ou mesa de trabalho. Compensa comprar uma cadeira ergonómica? Sim, compensa. As suas costas, pernas e braços irão agradecer. Contudo, nem todas as cadeiras ditas ergonómicas são iguais. O ideal será ter em consideração as suas características físicas, como por exemplo, o comprimento das suas coxas. Algumas cadeiras não permitem ajustar o comprimento do assento, não deixando de ser ergonómicas, porque permitem ajustar-se a pessoas com características diferentes das suas (comprimento das coxas maior).

 

 

Agora, imaginemos que vai comprar uma aparelhagem de som e que tem dois modelos muito semelhantes, mas um é mais caro porque “os botões são ergonómicos”. Será que compensa comprar o artigo mais caro? Na minha opinião, não. Não vai andar a tocar nos botões constantemente e durante muito tempo, pois não?

 

 

Há uns tempos atrás vi publicidade a um soutien ergonómico, bastante mais caro do que os outros em exposição, numa loja de lingerie bastante conhecida. Acredito que de ergonómico teria muito pouco, no máximo seria anatómico (adaptado à anatomia humana).

 

 

Em altura de crise, ou não, o ideal é sempre fazer compras com ponderação e pensando na sua utilização. Por vezes, o termo “ergonómico” é utilizado como marketing e, em alguns casos, a publicidade é enganosa. Por isso, antes de comprar pergunte ao vendedor por que razão o produto é ergonómico e se, de facto, ele se adapta ao seu corpo, como no caso das cadeiras. Vai ficar surpreendido com algumas respostas....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Web Informer Button

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • micaela alves

    só falta mesmo lançar para a plataforma windowspho...

  • FM

    Provavelmente, haverá mais. Estes são aqueles de q...

  • wideawake

    Desconhecia alguns desses descontos! Obrigada

  • Clínica Dentária Lisboa

    Cá em casa tenho quem em poucos dias me deixe uma ...

  • joao

    http://www.comparaja.pt/blog/credito-pessoal-conhe...